E LEMBRE-SE! ...

... não te esqueças de agradecer ao bom Deus pelo dom maravilhoso da vida! L.s.N.S.J.C.!

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

SÃO JOÃO da Cruz


JOÃO da Cruz nasceu em 1542, provavelmente no dia 24 de Junho, em Fontiveros, província da cidade de Ávila, em Espanha. Os seus pais chamavam-se Gonzalo de Yepes e Catalina Alvarez. Gonzalo pertencia a uma família de posses da cidade de Toledo. Por ter-se casado com uma jovem de classe “inferior”, foi deserdado por seus pais e tornou-se tecelão de seda. Em 1548, a família muda-se para Arévalo. 

Em 1551 transfere-se para Medina del Campo, onde o futuro reformador do Carmelo estuda numa escola destinada a crianças pobres. Por suas aptidões, torna-se empregado do diretor do Hospital de Medina del Campo. Entre 1559 a 1563 estuda Humanidades com os Jesuítas.
Ingressou na Ordem do Carmo aos vinte e um anos de idade, em 1563, quando recebe o nome de Frei João de São Matias, em Medina del Campo. Pensa em tornar-se irmão leigo, mas seus superiores não o permitiram. Entre 1564 e 1568 faz sua profissão religiosa e estuda em Salamanca. 

Tendo concluído com êxito seus estudos teológicos, em 1567 ordena-se sacerdote e celebra sua Primeira Missa. No entanto, ficou muito desiludido pelo relaxamento da vida monástica em que viviam os Conventos Carmelitas. Decepcionado, tenta passar para a Ordem dos Cartuxos, ordem muito austera, na qual poderia viver a severidade de vida religiosa à que se sentia chamado. Em Setembro de 1567 encontra-se com Santa Teresa de Ávila, que lhe fala sobre o projeto de estender a Reforma da Ordem Carmelita também aos padres, surgindo posteriormente os carmelitas descalços. 

O jovem de apenas vinte e cinco anos de idade aceitou o desafio. Trocou o nome para João da Cruz. No dia 28 de Novembro de 1568, juntamente com Frei Antônio de Jesús Heredia, inicia a Reforma. O desejo de voltar à mística religiosidade do deserto custou ao santo fundador maus tratos físicos e difamações. 

Em 1577 foi preso por oito meses no cárcere de Toledo. Nessas trevas exteriores acendeu-se-lhe a chama de sua poesia espiritual. "Padecer e depois morrer" era o lema do autor da "Noite escura da alma", da "Subida ao Monte Carmelo", do "Cântico Espiritual" e da "Chama de amor viva". Ele faleceu em Úbeda, no dia 14 de Dezembro de 1591. Ele foi proclamado 26º Doutor da Igreja pelo Papa Pio XI.

PENSAMENTOS DE SÃO JOÃO DA CRUZ:

"O Verbo Filho de Deus, juntamente com o Pai e o Espirito Santo, está essencial e realmente escondido no íntimo de cada ser." 

"Se está em mim aquele a quem minha alma ama, como não o encontro nem o sinto? É por estar ele escondido. Mas não te escondas também; assim podes encontrá-lo e senti-lo..." 

"Teu Amado esposo é o tesouro escondido no campo de tua alma, pelo qual o sábio comerciante deu todas as suas riquezas." 

"Nisto tens motivo de grande gozo e alegria, vendo como todo o teu bem - a tua esperança - se encontra tão perto de ti, ou melhor, está dentro de ti, e tu não podes viver sem ele." 

"O demônio teme a alma unida a Deus como ao próprio Deus." 

"O amor consiste em despojar-se e desapegar-se, por Deus, de tudo o que não é Ele." 

"Como acontece aos bem-aventurados no céu: uns vêem mais a Deus e outos menos, mas todos o contemplam e estão felizes, porque cada um pode satisfazer a própria capacidade." 

"Para possuir Deus plenamente, é preciso nada ter; porque se o coração pertence a Ele, não pode voltar-se para outro." 

"Para buscar a Deus, requer-se um coração despojado e forte, livre de tudo o que não é puramente Deus." 

"Afeiçoar-se ao mesmo tempo a Deus e a criatura são coisas contrárias: não podem existir numa só pessoa." 

"Deus é inacessível. Não repares, portanto, no que as tuas faculdades podem compreender, nem teus sentidos experimentar, para que não te satisfaças com menos e assim perderes a presteza necessária para chegar a Ele." 

"A criatura atormenta, e o espírito de Deus gera alegria." 

"Há uma distância infinita entre o ser divino e o ser das criaturas, por isso é impossível à inteligência, por si só, atingir a Deus." 

"Que felicidade o homem poder libertar-se de dua sensualidade! Isto não pode ser bem compreendido, a meu ver, senão por quem o experimentou. Só então verá claramente como era miserável a escravidão em que se estava." 

"Adquire-se a sabedoria através do amor, do silêncio e da mortificação; grande sabedoria é saber calar e não inserir-se em ditos ou fatos e na vida alheia." 

"A purificação que leva a alma à união com Deus, é noite:
- quanto ao ponto de partida, pois a alma priva-se do prazer de todas as coisas do mundo;
- quanto ao caminho a tomar - a fé; noite verdadeiramente escura para o entendimento;
- quanto ao termo ao qual a alma se destina - Deus; ser incompreensivel e infinitamente acima de nossas faculdades." 

"É inegável que a alma chega ao conhecimento de Deus, antes pelo que ele não é do que pelo que ele é." 

"O amor não consiste em sentir grandes coisas, mas em despojar-se e sofrer pelo Amado." 

"É próprio do perfeito amor nada querer admitir ou tomar para si, nem atribuir-se coisa alguma, mas tudo referir ao Amado. Se nos amores da terra é assim, quanto mais no amor de Deus." 

"Sofrer por Deus é melhor que fazer milagres." 

"Quem não busca a cruz de Cristo não busca a glória de Cristo." 

"A alma que quer que Deus se lhe entregue inteiramente há de se entregar toda sem reservar nada para si." 

"Quando tiveres algum aborrecimento e desgosto, lembra-te de Cristo crucificado e cala-te." 

"Alma formosíssima entre todas as criaturas, que tanto desejas saber o lugar onde está teu Amado, a fim de o buscares e a ele te unires. Já te foi dito que és tu mesma o aposento onde ele mora, e o recôndito esconderijo em que se oculta." 

"Nisto tens motivo de grande gozo e alegria, vendo como todo o teu bem - a tua esperança - se encontra tão perto de ti, ou melhor está dentro de ti, e tu não podes viver sem ele." 
 
"Em teu recolhimento interior, regozija-te com ele, pois ele está muito perto de ti".
(Blogue do Leniéverson, Campos - RJ, Brasil)
 
Salve Maria!
 
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esteja à vontade!