E LEMBRE-SE! ...

... não te esqueças de agradecer ao bom Deus pelo dom maravilhoso da vida! L.s.N.S.J.C.!

terça-feira, 17 de julho de 2012

HOMOFOBIA, lobby gay e Verdade de Deus


SOUBE que no Facebook algumas pessoas de muita ousadia e pouco raciocínio andam acusando as Escrituras Sagradas de serem homofóbicas. Bobagem. Subversão de valores.
As Escrituras Sagradas trazem-nos a Palavra de Deus que é Jesus. Elas revelam a verdade, isto é, o autêntico sentido do mundo, da vida, do ser humano. É bom o que as Escrituras chamam bom; é mau o que as Escrituras chamam mau.
O primeiro e fundamental pecado humano, o sempre novo pecado original, é precisamente o homem que é pó tentar ser seu próprio deus, senhor do bem e do mal, subvertendo a ordem querida por Deus, o Criador e Senhor de tudo.
O que dizem as Escrituras sobre a homossexualidade? Simples: que ela não está no plano de Deus para a humanidade. Deus nos criou homem e mulher, numa interação que aparece na própria complementaridade da anatomia e da psicologia dos dois gêneros. Esta realidade não pode ser negada por ninguém em sã consciência. Somente a ideologia perversa de certo discurso de gênero pode negar o que é tão óbvio. Mas essa é a tara de todas as ideologias: negam o óbvio. Se a realidade não combina com minha ideologia, azar da realidade. Trata-se de uma doença do pensamento!

A homossexualidade não é o que Deus pensou para a humanidade. Um crente, um cristão nunca poderá afirmar o contrário. Se o fizer está negando a própria revelação, está chamando de doce ao que o Senhor chamou de amargo. É um pecado gravíssimo fazer isto, é fugir da obediência da fé. Ponto e basta. O resto é lorota decrescente disfarçada de crente.
Mas, e as pessoas homossexuais? E aqueles tantos que desejam viver a vida cristã e carregam o peso da homossexualidade? Eis:
1. Ninguém está em pecado por ser homossexual como não tem mérito algum por ser heterossexual. Somente pode haver pecado ou virtude onde há liberdade de escolha. Ninguém escolhe ser homo ou heterossexual. Quem diz que orientação sexual é opção simplesmente delira.
2. Um homossexual pagão, tal qual um heterossexual sem fé, viverá lá do seu jeito, sendo ele mesmo seu deus - deus de mentira, destinado ao Nada. Alguém que não creia em Deus terá a si mesmo por deus e pronto.
3. Mas, e um homossexual cristão? Para ele, como para qualquer discípulo, Jesus tem uma palavra: "Toma a tua cruz - no caso, toma a tua homossexualidade -, e segue-Me". Dito de outro modo: procure viver sua homossexualidade de modo casto, evitando as relações sexuais. E se não conseguir? Ainda assim Jesus o amará: não deixe de rezar, não deixe de ir à Missa, não deixe de esperar em Deus e procurar uma vida de virtude, e enquanto tiver disposto a lutar para ser casto, procure o sacramento da confissão. O resto, confie ao Senhor! Nosso Deus sabe os mistérios da vida e os segredos de cada coração... Mas nunca chame de certo ao que o Senhor chamou de errado. Isto vale para qualquer cristão, homo ou heterossexual, em qualquer aspecto da vida: nós devemos nos adequar ao Senhor, não o Senhor a nós.
4. As Escrituras Sagradas, quando interpretadas com um pouco de inteligência - e não por teólogos de facebook -, ensinam a distinguir sempre o erro da pessoa que erra, o pecado do pecador. As pessoas homossexuais devem ser sinceramente respeitadas e ajudadas. O que não significa de modo algum concordar com a tentativa de imposições ridículas e descabidas de certa cultura gay. Com isto um cristão não deve concordar e deve fazer frente, inclusive negando seu voto a políticos que se vendem aos caprichos do lobby gay. Um cristão nunca aceitará chamar de "casamento" no sentido estrito à união de duas pessoas do mesmo sexo. Um cristão respeitará dois homossexuais que desejem viver juntos "maritalmente". Mas nunca dirá que isto é um ideal para o amor humano ou que faz parte do plano de Deus. Isto não é homofobia. É simples direito e dever de pensar e agir conforme a verdade que o Senhor Deus nos revelou. Homofobia é desrespeitar e agredir pessoas por sua homossexualidade. O resto é conversa tola. Há tantos homossexuais na Igreja. E procuram ter uma vida casta, e quando caem, procuram o sacramento da penitência. Portanto, não devemos nos impressionar com os gritos do lobby gay, que deseja impor de modo ditatorial seus "valores" à sociedade. Com serenidade e firmeza devemos dizer não a tal postura intolerante.
Uma advertência final. Os cristãos recordem da advertência do Senhor: o mundo não nos compreenderá, como não compreendeu o Cristo Jesus; o mundo nos rejeitará, como rejeitou o nosso Senhor. Com serenidade, vamos adiante, com os olhos fixos no Senhor, amando a todos, respeitando a todos, rezando por todos, mas sem nos afastar nunca de verdade divina contida nas Sagradas Escrituras. Também aqueles que ridicularizam o Senhor e Sua Palavra, por essa mesma Palavra serão julgados um dia.

 

Salve Maria!

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esteja à vontade!